Tudo sobre a Queda de Cabelo!

17/04/2018 às 10:30:34

Salão de Beleza | Salão de Cabeleireiro

Tudo sobre a Queda de Cabelo!

Você sofre com a queda de cabelo? Perder os cabelos não é uma sensação nada agradável. Quando o cabelo está caindo, é importante descobrir logo a causa para fazer o tratamento adequado.

O principal indicativo de cabelos saudáveis é quando a cutícula do cabelo tem um padrão regular. Isso faz com que as moléculas de água e de proteína mantenham-se no cabelo – mantendo-o maleável, com brilho, forte e macio. Mas quando nosso cabelo começa a cair ou está com sua estrutura alterada, isso pode ser indício de doenças.

A queda de cabelo é um problema que atinge a população mundial em grande proporção, tanto homens quanto mulheres. Existem várias causas para a queda acentuada de cabelo. Em alguns casos, o bem estar dos fios depende somente de equilíbrio hormonal, nutrição corporal e até fatores psicológicos como estresse, depressão e ansiedade. Porém há casos que a causa pode ser algo mais grave como alguns tipos de doença ou a calvície hereditária.

Calvície Hereditária
Calvície é uma forma de alopécia (queda dos cabelos sem reposição) que se torna gradual e progressiva se não for tratada imediatamente.
A principal causa é genética, quando os pais ou avós, principalmente os homens, são calvos. O hormônio masculino Dihidrotestosterona (DHT) presente no folículo cabeludo é o principal fator para provocar a queda de cabelos. O sebo — que contém o hormônio masculino — acumulado no couro cabeludo, entope os poros e ocasiona má nutrição da raiz do cabelo.

Alopécia Aerata
Outra causa da calvície é uma condição auto-imune conhecida como Alopecia Areata. Ela aparece sob a forma de áreas pequenas e arredondadas totalmente sem cabelo. Normalmente a queda se restringe somente a essas áreas, não havendo perda completa. A alopecia pode ser congênita (presente desde o nascimento do indivíduo) ou adquirida.

Tudo sobre a Queda de Cabelo!
Causas Mais Prováveis da Queda de Cabelo
Anemia (ferritina baixa)
Problemas na tireóide
Estresse, ansiedade e insônia crônica
Baixa imunidade
Alopecia androgenética
Deficiência de vitaminas e minerais, ou má alimentação
Eflúvio telógeno
Inflamação no couro cabeludo
Tratamento capilar de má qualidade, como uso de produtos químicos para fazer alisamentos
Dermatite Seborreica (excesso de sebo e oleosidade no couro cabeludo)
Fatores genéticos
Alterações hormonais
Parada do uso do anticoncepcional
Uso de medicamentos como varfarina, heparina, propiltiouracila, carbimazol, isotretinoína, acitretina, lítio, betabloqueadores, colchicina, anfetaminas
Pós parto e amamentação

Diagnóstico da Queda de Cabelo
O diagnóstico envolverá observações clínicas e também exames de sangue para avaliar as quantidades hormonais. Nos exames de sangue, também pode se avaliar a existência de anemia e falta de vitaminas ou minerais. Para um diagnóstico mais completo, existem alguns exames que podem ser feitos no próprio consultório do médico. Alguns deles: vídeo-dermatoscopia, biópsia do couro cabeludo, trichoscan, tricograma e fototricograma.

Tratamento para Queda de Cabelo
Há muita coisa que se pode fazer quando o problema é queda de cabelo. O problema é que nem sempre o tratamento é eficiente. É importante testar as várias formas e avaliar qual tratamento é o mais adequado para seu caso.

Cuidados com o Couro Cabeludo
Limpeza do couro cabeludo. Manter o couro limpo é super importante para que os fios cresçam e se fortaleçam. As lavagens devem ser frequentes, utilizando-se shampoos apropriados com fórmulas delicadas de pH neutro e sem sulfato, para remover a sujeira e o sebo em excesso, sem alterar o pH do couro cabeludo. Saiba mais sobre cuidados com o couro cabeludo.

Massagem. Ter o hábito de massagear o couro cabeludo ajuda a ativar a circulação. A massagem deve começar na parte frontal da cabeça e nas têmporas, continuando na nuca e terminando no alto do crânio. Esta massagem, além de ativar a circulação, também ajuda na absorção de loções capilares.